Week-end d’Intégration

14 09 2009

Finalmente estou de volta à Lille. Quinta-feira, dia 10, eu sai pro final de semana de integração dos estudantes de primeiro ano da Ecole. Não sabíamos o local do evento. Saimos de Lille às 10 da noite, para chegar em Excenevex, no sudeste da França (perto da Suiça) apenas às 9 da manha do dia seguinte. Foi a viagem mais cansativa que já fiz. Devo ter dormido apenas umas 2 horas, já que os franceses não sossegavam um minuto no ônibus.

Sério, os franceses são muito piores que os brasileiros. O WEI é tipo o nosso trote universitário para eles. Mas é muito pior. Dizem que o motivo é que os franceses fazem dois anos de classes preparatórias, ou seja, eles estudam feito condenados por dois anos para poderem estar na école agora, sem diversão e sem festas. Seria como um modo de finalmente estar livre para festejar.

A viagem de ida, de quinta pra sexta, foi horrível. Parecia uma discoteca dentro do ônibus. Acho que já conheço o Top 50 inteiro de musicas eletrônicas no mundo de cor e salteado. A musica era MUITO alta. De vez em quando, a musica parava, para jogos e brincadeiras cujo nível era sempre cada vez mais baixo, como mostrar o traseiro pela janela do ônibus para os ônibus vizinhos (eram cinco ônibus, e eu estava no azul, cada ônibus ficava sempre cantando musicas com xingamentos em francês para o pessoal dos outros ônibus). Teve escolha dos Mister e Miss de cada ônibus. As gurias eram mais tímidas, ficavam apenas de biquíni e short; alguns franceses, por outro lado, chegavam a tirar toda a roupa dentro do ônibus, na frente das gurias inclusive. Eles realmente estavam muito bêbados. Ah, quem tentava dormir era pintado com tinta e pincel atômico.

Em Excenevex, ficamos em um camping. As instalações eram muito boas. Dividi uma cabana com o Paulo (brasileiro do Ceara) e mais três franceses, os três bastante gente boa (Lucas, Laurent e Benoit). A cabana foi boa pra descansar, apesar de todo o dia, às 7h30 da manhã, ter panelaço e buzinaço para nos acordar. As atividades que o BDE organizou para nos la em Excenevex foram uma trilha e um rafting. Não fui na trilha, pois estava por demais cansado da super viagem do dia anterior (que na verdade foi do mesmo dia, já que não dormimos). No rafting eu também não fui, pois já estava tão desmotivado que eu não tinha a minima vontade de entrar num bote e descer um rio com a temperatura por volta dos 14°C (sim, estava muito frio, pois ficamos na beira de um lago, onde ventava bastante).

Pontos positivos do passeio: os poucos franceses que conheci eram gente boa. Tinham uns veteranos franceses do G2 muito, mas muito chatos. Porém, os franceses da minha turma quando estavam em estado normal foram bem amigáveis para conversar. Ainda tem bastante pessoal pra conhecer nas associações, nos esportes e no projeto, que são ambientes, digamos, mais saudáveis. Aprendi a jogar rugby, embora eu não jogue nada. Descobri que detesto viagens longas de ônibus. De ruim: acho que saiu meio caro (120€) pelo o que eu acabei usufruindo.

Na sexta de noite e no sábado de noite houveram festas, com mais musica eletrônica. Fui apenas na do sábado, pois fui meio que empurrado, já que não tinha participado de muita coisa ate então. Teve pão com salsichão, isso foi algo positivo, estava bem bom. A viagem de volta foi no domingo, pela manha. Saimos de la 12h10, para chegar em Lille apenas às 23h30. Mais uma vez, a viagem foi uma alopraçao: musica muito alta, não podíamos dormir em paz, franceses sendo empurrados para o fundo do ônibus por sobre os bancos, francês sendo fantasiado de múmia, bundas na janela novamente, franceses fazendo competição de quem bebia mais, etc…

No geral, minha avaliação do WEI não foi muito positiva. Não me integrei muito, o que seria o objetivo. Não me pareceu atraente conhecer franceses que estavam quase sempre ou bêbados ou loucos. Ainda assim, conheci um pessoal legal, uma meia dúzia de franceses, mas parece que serão bons colegas durante esses dois anos. Bom, agora é voltar a atenção para as aulas novamente, que estão bem complicadas. Até a próxima!

Anúncios

Ações

Informação

6 responses

14 09 2009
Mãe diz:

Nossa filho como se diz aqui no Brasil: Programa de índio este que fizeste por ai,hehehe!!!Mas pode ter certeza que noites bem dormidas e passeios melhores virão,bjus e uma ótima semana,Ti Amo muito!

14 09 2009
Cassol

Nooooooooooossa… Assistir isso – assistir, não participar, pelo amor de Deus – deve ser muito engraçado… Mas participar deve ser um inferninho, hein cara… E por 120 euros ainda, tá louco.

15 09 2009
Luhan

Aposto que participo e só ta aqui dizendo que não porque sua mãe ta lendo, hehehe, brincadeira. Mas ae, não acredito que to perdendo tudo isso, vo dar um jeito de ir pra frança fazer faculdade!

15 09 2009
Cassol

Bah Luhan, tu tá por fora, facul tem dessas coisas aqui no Brasil também… Vai dizer que nunca viu.

22 09 2009
Luhan

Aqui é mais fraco, ao menos onde faço, e na frança é na frança, longe de tudo, heheehhe.

15 09 2009
dartagna

Fala colorado, que loucura este teu passeio, acabo de ler e realmente pra ti deve ter sido horrivel? Pois não gosta muito de cerveja, musica alta e festa. Mas como se diz aqui, SEJA BEM VINDO AO MUNDO, COLORADO! Abraços e beijos de gremistas e colorados que te adoram e te amam muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: