Há alguns meses atrás II

8 05 2009

Infelizmente nessa semana não foi possível cumprir a tendência de uma postagem a cada cinco dias… o número de provas esta semana foi grande e o número de trabalhos a fazer ainda é! Bom, continuando a postagem anterior…

A entrevista foi dia 27 de outubro de 2008. Um mal sinal para a entrevista já foi o fato de eu ter pego o ônibus errado, que eu achava que passava perto da UFRGS. Quinze minutos de caminhada para me deixar motivado! Mas cheguei a tempo na entrevista… aliás, entrevista que começou com 50 minutos de atraso. A entrevista era com três professores franceses, e tinha a companhia do prof. João Manoel para o caso de eu precisar de alguma ajuda em relação a tradução… sim, pois a entrevista era em inglês ou em francês: como eu já tinha alguma noção de inglês e nada de francês, optei pelo inglês. Até que foi tranquilo, apesar do sotaque estranho de um dos entrevistadores. Perguntaram basicamente sobre motivos para eu estar querendo obter o duplo diploma, sobre o que eu planejava para minha carreira, hobbies, etc…

O resultado da entrevista saiu dia 1º de dezembro: foram 12 selecionados, e felizmente eu estava neste grupo! =] Após isso, faltava ainda saber qual financiamento eu iria receber: o francês (bolsa Eiffel) ou o brasileiro (bolsa Brafitec). Esse resultado só saiu dia 26 de março, quando recebi a notícia que ganharia a Eiffel. =]². Agora espero pela carta de aceitação da bolsa; já recebi a carta de aceitação da École Centrale de Lille – um documento sem graça que demorou três meses pra chegar (se tivesse vindo dentro de uma garrafa pelo oceano chegava antes, eu acho).

Pra finalizar: amanhã é minha última prova de francês no Brasil: termino o módulo BRC da Alliance Française. Deveria ter feito mais módulos, ou ter começado antes o curso… enfim, agora aula de francês só no CAVILAM! Fui!

P.S.: Alguém reconhece de que parte do Vale é a foto do cabeçalho? (fácil XD)

Anúncios

Ações

Informação

3 responses

9 05 2009
Daniel Pedro

É a parte 1 ou T. Não dá pra ver pela plaquinha, af.

10 05 2009
Cassol

Bah, tu vai ver só. Chegando na frança em um mês tu tá falando direitinho. Eu tive uma colega canadense no ensino médio que veio fazer intercâmbio; ela chegou no Brasil poucos dias antes de conhecer a gente, não falava nada, e foi embora (daqui) depois de um mês falando tudo. Tudo bem que arranhava gramática e falava engraçado, mas dava pra todo mundo se entender legal. O mesmo aconteceu na turma ao lado, com uma alemã.

14 05 2009
Dartagna

Fala coloradão ou melhor gremistão,passei só para te deixar alguma mensagem,mas não tenho muito tempo, por isso quero te dizer que já estáchegando a hora de ir para outros ares. Abraços de um gremistão realista,mas consciente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: